sexta-feira, 8 de julho de 2016

Que coisa!

Helena Garrido talvez seja dos comentadores menos cultos da Antena Um, com a agravante de ser directora de um jornal económico. Mas é também carpideira permanente do governo PSD/CDS. Diligente matraca contra o governo do PS e a esquerda que o sustenta de forma crítica mas consolidada. Ainda terá uma assessoria aos sectores mais retrógrados da Comissão Europeia e Eurogrupo. E afoita correia de transmissão das ideias fabricadas para mediatismo universal em areópagos insondáveis mas muito detectáveis da contra-informação.
 
O debate do Estado da Nação de ontem foi motivo para a seguinte incursão em fora-de-jogo: a esquerda teve um discurso patrioteiro, nacionalista e populista, que contradisse o que foi a sua crítica ao Estado Novo e este discurso, além dos riscos que faz pesar sobre a imigração, afasta o investimento estrangeiro necessário porque não temos capitalistas...
  
Valha-nos o Senhor que não perdoa a quem  sabe muito bem o que diz. E já agora vejam lá se não têm uma alternativa mais credível à dita senhora...