domingo, 3 de julho de 2016

A quinta coluna continua a marchar

A nossa 5ª coluna continuará a marchar para lá do Conselho Europeu de 3ª feira.
 
Passos Coelho, Maria Luísa Albuquerque, comentadores de direita encartados, intelectuais de preconceito, pivots de telejornais, bruxos e adivinhos, lá seguirão o guião da cartilha.Onde moram os déficites do governo PSD/CDS ou os presumíveis futuros do governo PS, ou os cenários de confrontação futura entre Governo e Presidente da República.
 
A adivinhação ignora acàciamente que a regra dos 3% do déficite já foi violada 150 vezes desde 1999 e que nenhuma sanção foi até então aplicada. Não se vê nenhuma destas celebridades a ter isso em linha de conta e até deixam num plano secundário de análise sobre as prioridades das preocupações do Conselho Europeu questões tão de somenos como o Brexit, a imigração ou o terrorismo.
 
O que move a 5ª coluna é óbvio: combater o governo PS com apoio à sua esquerda, conter as regressões da política de austeridade dos anteriores 4 anos, travar novas medidas sociais a favor de trabalhadores e reformados, insistir na nossa perda de soberania, manter situações de privilégios incompatíveis com o novo ruma da política portuguesa.