terça-feira, 5 de julho de 2016

A nova política estrangeira britânica, por Thierry Meyssan


Não concordando necessariamente com todos os aspectos desta análise não deixarei de

recomendar vivamente a sua leitura pelo carácter inovador que contem e em que afirma:
 
A imprensa ocidental não cessa de o repetir: ao deixar a União Europeia, os Britânicos isolaram-se do resto do mundo e deverão enfrentar terríveis consequências económicas. Ora, a baixa do valor da Libra poderá ser uma vantagem no seio da Commonwealth, uma família mais vasta que a União e presente nos seis continentes. Pragmática, a City poderá rapidamente tornar-se o centro mundial do yuan e implantar a moeda chinesa no próprio seio da União.