domingo, 6 de março de 2016

Parabéns ao PCP nos seus 95 anos

Este é o partido que nasceu na 1ª República, se tornou num grande partido revolucionário a partir dos anos 30, que manteve uma estrutura clandestina de quadros e recursos múltiplos ao longo do fascismo, atingida pela repressão mas sempre reerguida, para organizar as lutas dos trabalhadores pela defesa dos seus interesses, e com papel determinante nas lutas da oposição democrática, perspetivando uma Revolução Democrática e Nacional nos anos 60, que tinha no horizonte o socialismo e a realização do ideal comunista.
Este foi o partido que "adivinhou" o 25 de Abril a partir de então, que nele participou, que influenciou as decisões mais importantes do período revolucionário, ombro a ombro com as lutas dos trabalhadores e as suas exigências revolucionárias, que esteve com eles combatendo a contra-revolução e criando um regime democrático, sem paralelo nos países capitalistas.
Este foi o partido que se não resignou nem escondeu bandeiras quando dos revezes do socialismo, e no decurso dos retrocessos históricos assinaláveis desde então.
Este é o partido de Álvaro Cunhal, que foi de grande importância para o partido e o país, como é reconhecido pelos comunistas, por muita gente de diferentes correntes de opinião e ainda muitos outros que em nenhuma se filiam.
Este é o partido que, com os trabalhadores, derrotou Passos  Coelho e contribuiu para viabilizar um novo governo na base de compromissos firmados com o PS, com medidas que já se iniciaram de importante significado no plano social e que deverão inverter a política realizada pela direita, promovendo o investimento produtivo e o emprego e defender a nossa soberania.
É justo, por isso, saudar o PCP por estes 95 anos.