segunda-feira, 20 de julho de 2015

Hollande responde à crise da UE com o federalismo!...

Depois do processo da agressão da UE à Grécia ter revelado os males do euro, a degradação da UE, a existência no seu seio de regimes pró-fascistas agindo impunemente contra a democracia e  os democratas, o Presidente francês insiste na tese federalista para acrescentar mais cicuta à tão envenenada Europa.

François Hollande defendeu este domingo a criação de um governo da Zona Euro, ideia já defendida pelo antigo presidente da Comissão Europeia, Jacques Delors. Num artigo publicado no Le Journal du Dimanche, o presidente francês escreveu ainda que a Zona Euro necessita de um orçamento específico e de um parlamento que garanta o "controlo democrático". Para isso, acrescentou, faz falta uma "organização reforçada". A Europa "não pode reduzir-se a regras, mecanismos ou disciplinas".
Desta forma, Hollande, pretenderia retirar mais soberania aos países europeus, remetendo ainda mais questões para um nível supranacional de decisões.


Sem comentários:

Enviar um comentário