domingo, 21 de junho de 2015

Vá ao food court do slide urbano da Urban Splash


Um vizinho meu, hoje pelas nove horas, vinha esbaforido e revoltado por causa de um “evento” que, ocupando parte considerável das Ruas Neutel de Abreu, inviabilizava o sentido de trânsito na descida da Av. dos Lusíadas para o Alto dos Moínhos. Mas que também inviabilizava a saída para a R. dos Soeiros, da rua Frederico Freitas, da rua do Alto dos Moínhos , e da rua que serve o Hospital da Luz

Razão: um evento radical, viral (!!) da Junta de Freguesia e da empresa Urban Flash.
Tendo ele perguntado a alguém da organização “Então é assim? Cortam-se acessos essenciais e não se avisam os moradores que se têm que deslocar de automóvel?” Resposta “Mas está tudo no site da Junta de Freguesia…Não foi lá ver?”. Para não ser malcriado ainda respondeu:  “Eu é que vos mandava para aquele site!”
Fui lá ver. Filas de pessoas que tiveram que comprar a 2 euros uma bóia foleira, aguardavam em filas mas já gente descia na correnteza. Uma criança urban flasher já atrapalhada, lá foi ajudada por uma rapariga da empresa de segurança, Anthea, que apresenta na sua carteira de clientes distintos a Mota-Engil, Câmara Municipal de Torres Vedras (PS), Media Capital´

Uma roulotte de fritos, um bar e esplanada da Sagres e outro de gelados…completavam as atracções.

Também vi Polícia Municipal e centenas de barreiras metálicas da CML (quem pagou? Ou a CML também é patrocinadora?
Um transeunte também surpreso, disse-me “ Este presidente é primo do António Costa”
…E eu que não sabia! “Desculpa lá ó Costa, isto já não tem nada a ver contigo, é com o Medina”.

Apontou-me o presidente da JFSDB, António Cardoso, do PS, que parecia estar satisfeito. Segundo o linguarejar escorreito do site da Urban Splash, a quem a Junta adjudicou o “evento”, “O presidente marcou presença nesta apresentação que pela primeira vez em Portugal apresenta um slide urbano que vai revolucionar o Verão e durante o qual vai haver muita música com DJ’S convidados, batalhas épicas de balões de água, food court (como?) e muita dança! ".

Ao abrir o Publico no café, zás! Um texto promocional do “evento”, assinado por uma jornalista (?) dava conta das maravilhas que se iriam passar. E também dos preços.”

Os bilhetes para participar no evento variam entre 12,50 euros (duas descidas no escorrega, um kit de balões de água para uma "mega batalha" e uma pistola de água) e os 50 euros (acesso ilimitado ao escorrega durante o dia inteiro). Famílias com dois adultos e uma criança pagam 30 euros e têm direito a duas descidas por pessoa. A iniciativa inclui música, comida, animações e uma "mega guerra de balões de água".

Espero que tudo corra bem. Mas para a próxima avisem os moradores dos cortes de trânsito.

Sem comentários:

Enviar um comentário