sábado, 20 de junho de 2015

Dirigentes do PSD/CDS da nova REFER/EP gastam 130 mil euros dos portugueses a fazer almoçarada de campanha eleitoral

Assim mesmo, numa espécie de assembleia de seita religiosa
(agora levantem todos as bandeirolas!...)
Segundo o JN de hoje é referido que no repasto, com cerca de 1300 participantes, foram servidos leitões, espetadas de fruta e vídeos promocionais. Nem faltou um humorista.
A festa foi anunciada em convites enviados aos 3800 funcionários que integravam as empresas públicas REFER - Rede Ferroviária Nacional e Estradas de Portugal, tendo em vista a "apresentação da marca da nova empresa Infraestruturas de Portugal". Deslocaram-se ao novo Museu Nacional Ferroviário entre 1300 e 1500 pessoas, segundo as fontes do JN.
Então a fusão das duas empresas não era para conter as despesas? O dinheiro veio do cofre cheio de dinheiro nosso que a Ministra Maria por lá tem?
O muito sério Primeiro-Ministro e o impagável Paulo Portas em quantas destas já vai em apoio da campanha eleitoral da sua coligação?

Sem comentários:

Enviar um comentário