terça-feira, 13 de setembro de 2016

Em defesa da verdade sobre o 11 de Setembro de 2001

Arquitetos e Engenheiros pela verdade do 11/9 Truth

Em 12 de Agosto de 2005, mais de 12.000 páginas de histórias recolhidas oralmente junto de 503 bombeiros FDNY (Departamento de Fogos de Nova Yorque), paramédicos, e técnicos de emergência médica foram tornadas públicas depois de The New York Times ter processado a cidade de Nova Iorque pela sua disponibilização, em resposta à decisão da administração da Bloomberg de impedir o acesso público a eles.
O FDNY tinha gravado as histórias orais entre Outubro de 2001 e Janeiro de 2002, por instrução do comissário de fogo da cidade, Thomas Von Essen, que queria preservar os registos dos membros do FDNY "antes de serem reformulados numa memória colectiva."
Após a libertação dos registos, os investigadores começaram a examiná-los para identificar quaisquer provas sobre a causa da destruição das Torres Gêmeas .

Em Agosto de 2006, o Dr. Graeme MacQueen, professor aposentado da Universidade McMaster, em Ontário, Canadá,publicou o artigo, "118 Testemunhas: Testemunho dos bombeiros das Explosões nas Torres Gémeas". Nele identificou 118 membros FDNY (de entre os 503 entrevistados), que relatavam testemunhos de explosões, evidentemente baseados em provas sobre a verdadeira causa da destruição das Torres Gêmeas '.
O artigo de MacQueen e os critérios por ele utilizados na análise dos testemunhos pode ser encontrado noJournal of 9/11 Studies, Vol. 2, Agosto de 2006.
Excertos das 118 conversas referidas podem ser lidos aqui.

Sem comentários:

Enviar um comentário