sexta-feira, 5 de agosto de 2016

Hacker romeno que revelou e-mails de Hillary foi encontrado morto

Marcel Lehel e a filha

O pirata informático romeno Marcel Lazar Lehel, conhecido na internet por “Guccifer”, foi encontrado morto na prisão do estado de Virgínia, onde estava preso, acusado de ter tido acesso e divulgado os correios eletrónicos de Hillary Clinton quando esta era secretária de Estado.

Lehel tinha sido vergonhosamente extraditado do seu país natal a pedido dos  EUA, quando a legislação de todos os países não permite esse tipo de extradições.

Segundo o jornal ChristianTimes News, Guccifer aparentemente ter-se-ia suicidado por enforcamento numa corda na cela, depois de jantar.

O hacker tinha revelado anteriormente que fora muito simples entrar os servidores do Departamento de Estado, coisa que não é inédita incluindo por jovens.

A administração norte-americana poderia ter processado Hillary Clinton pelo descuido na utilização de informação secreta, mas o FBI preferiu optar pelo elo mais fraco que era o hacker romeno.

Sem comentários:

Enviar um comentário