sexta-feira, 1 de abril de 2016

Sobre o seminário do PCP "controlo público da banca, condição para o desenvolvimento da soberania nacional", de 22/Março/2016

 
Na última década o  sistema financeiro internacional foi responsável por uma crise financeira, económica e social, de delapidação de património e eliminação das soberanias nacionais que continua a desenvolver-se sem ter um final previsível. às preocupações dos trabalhadores e agricultores, mais imediatamente atingidos pelas suas consequências.  Os beneficiários deste processo são as grandes multinacionais, as grandes potências capitalistas, um número cada vez mais reduzido de grandes bancos, num processo de espoliação e conquista sem paralelo na história. Somam-se cada vez mais as perplexidades e as certezas de muitos sectores sociais, meios académicos, comunidades da cultura, meios religiosos, sobre que se impõe pôr um fim a esta espiral de destruição. Não há lugar para preconceitos, nem para fidelidades ideológicas que a vida deitou por terra. Pela sua parte, os comunistas portugueses deram neste seminário um importante contributo para a reflexão e soluções
Fica
aqui referência a intervenções estruturantes desta iniciativa.
 
Jerónimo de Sousa
Carlos Carvalhas
Agostinho Lopes
Octávio Teixeira
Miguel Viegas