segunda-feira, 3 de outubro de 2016

Miró em Serralves


Depois do afundamento do antigo BPN,  depois do estado assumir a sua posse, e depois de avanços e recuos em relação ao destino da coleção de 85 obras de Miró, Portugal vai manter este património.
Começou agora a ser visitada com assinalável êxito, na Casa de Serralves, no Porto, passando a ficar sob a responsabilidade do seu município.

Joan Miró: Materialidade e Metamorfose  marca o regresso do pintor catalão à Fundação Serralves, que acolheu, há 25 anos, uma exposição do artista. A mostra que inclui várias obras desconhecidas do público tem curadoria de Robert Lubar Messeri, um dos maiores especialistas do mundo em Miró, e projeto expositivo desenhado por Álvaro Siza Vieira.

A exposição debruça-se sobre seis décadas de evolução da personalidade artística de Miró, entre 1924 e 1981, seguindo atentamente a "transformação das linguagens pictóricas" ao longo do percurso do pintor. São cerca de 80 as pinturas exibidas ao público, que estão no centro do catálogo ilustrado de exposição assinado pelo curador, Messeri.

O espólio de Joan Miró  estará em exposição pública na Casa de Serralves até 28 de Janeiro de 2017. O preço da entrada é de 10 euros.
  

Sem comentários:

Enviar um comentário